quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Medo

Tenho...
... até nem tenho muitos...
Ora vejamos:
- Da morte - apenas dela não me permitir ver os filhos crescer!
- Do que fica por dizer - comigo nada fica, tenho este raio de feitio que não absorve palavras, mesmo diplomaticamente ou com carinho tudo diz.
-  Da solidão - algo que me preocupa no sentido da incapacidade, mas não no sentido do silêncio
-  Da doença - aceito-a se vier... encara-la-hei como mais um desvio no caminho e lutarei para encontrar a estrada principal.
- De animais - só tenho mesmo daqueles que racionalmente fazem tudo mas mesmo tudo para serem os "Reis da Selva".

realmente, tenho muito pouco medo!

Autor: As Palavras não têm Sono
reservado direitos de autor

7 comentários:

Sex na Cidade disse...

amei o nome do blog =))

Sutra disse...

Eu tenho mais uns quantos medos! :)

beijo
Sutra

SC disse...

Sex na Cidade:

Obrigado!
Adorava um dia poder dar este nome a um livro meu...lol

SC

SC disse...

Sutra:
Pois... acredito...

Jokas

SC

aluisio martins disse...

"De animais - só tenho mesmo daqueles que racionalmente fazem tudo mas mesmo tudo para serem os "Reis da Selva"."

desses fujo, saio batido, de reto...

és grande, tamanho justo de poeta e alma...

abs

AC disse...

Ah, Mulher de fibra!

Bjs

(Passei por aqui - via À Esquina da Tecla - e gostei...)

Ulisses disse...

...é lebertador viver sem medo...

:)